Na contra mão do perfil petista, Rui Costa impõe seu estilo técnico, embora defendendo o PT

Resultado de imagem para jaques wagner e rui costa em 2018

Se por um lado Rui Costa tem uma história ligada ao Partido dos Trabalhadores, por outro se mostra um democrata em atitudes e gestor republicano no cargo eletivo, algo que se difere e muito, do seu antecessor Jacques Wagner, hoje acusado na operação cartão vermelho da Polícia Federal. Se por um lado Rui tem estas beneces, condicionadas pela sua personalidade, peca absurdamente em querer atacar a Polícia Federal e o Ministério Público, erra como é de praxe petista ao querer denegrir a imprensa, quer seja ela a TV Bahia, ou qualquer outra, afinal a TV Bahia como qualquer outra busca o furo de reportagem, quer o ineditismo, pois assim o fez quando achou-se os 51 milhões de Geddel Vieira Lima.
Rui Costa ao longo destes 3 anos e 2 meses, se mostrou equilibrado como governador da Bahia, mas precisa entender que embora filiado histórico do PT, seria melhor calar-se diante de fatos, e repetir a dose certa do seu maior oponente.
Diferentemente de Rui, Neto ao ser questionado sobre os 51 milhões de Geddel, demitiu Ferraz e disse à imprensa que quem errou, deveria pagar pelo erro cometido. Mas, Rui não, insiste em defender o indefensável e na última sexta-feira preferiu sair com Jacques Wagner pelas ruas de Salvador. Seria viável à assessoria do Governador Rui Costa, atentá-lo que, quem não deve, não teme, e que o discurso de defesa petista causa repulsa ao povo, afinal o povo está cansado do modelo político brasileiro, de defesa aos amigos, o povo quer que se defenda o Estado de direito, o povo quer ter os seus direitos assistidos, pois o povo julgará em Outubro próximo, Rui Costa e não Wagner, contudo se o governador insistir na defesa viril, pode vir a sofrer os danos.
Google Plus

Sobre Blog Cleiton Luz

Seja bem-vindo(a) ao blog Cleiton Luz. Navegue, conheça e descubra o melhor da informação em um só lugar.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário