INEMA paralisa obras da AGES em Jacobina.

Resultado de imagem para terraplanagem ages em Jacobina


Vivemos uma das piores estiagens da história, o colapso da falta de água previsto para 2050 chegou em 2016-2017, e o nordeste então, é a região mais sofrida do país. No município de Jacobina, os principais mananciais tem baixado seus índices de abastecimento de forma significativa e as chuvas tem sido escassas embora tenhamos tido uma melhora a partir da última quinta feira, 16. Se por um lado o município encontra um alento no estado, através do INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) do Governo do Estado da Bahia, com relação ao apoio no combate a incêndios, por outro lado o grande sonho jacobinense de ver o início das obras da UNIAGES sofre atraso por conta da burocratização do órgão. A Universidade já se dispôs a perfurar dois poços artesianos, por outro lado a morosidade dos procedimentos legalistas emperram e  parece distanciar o início de uma obra orçada em mais de 25 milhões de reais, o município por sua vez tem feito de tudo para viabilizar as condições necessárias para o reinício das obras, porém a obra empacou na burocracia do estado. É hora de unirmos as forças e lutarmos pelo bem maior, Jacobina.


Clayton Luz.



Google Plus

Sobre Blog Cleiton Luz

Seja bem-vindo(a) ao blog Cleiton Luz. Navegue, conheça e descubra o melhor da informação em um só lugar.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário